Valdemar Ferreira Ribeiro
...Navegando  nos Mares  do  Sul  ...  Observando  o  Norte
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


UMA ODE À RAÇA HUMANA

Não é preciso ser vidente para constatar que o planeta caminha no sentido da mestiçagem das raças atuais que nada mais é do que um retorno às origens africanas, ao Australopithecus .

Esta mestiçagem acentuou-se a partir do século XIV e no século XX houve uma maior aceleração neste processo sendo mais notório este processo na Europa , América e África .

Considerando-se a teoria do cientista Charlles Darwin , pode-se afirmar que a natureza desenvolve-se segundo a lei natural do mais seleto e capaz .

Desde o Australophitecus , brotado por desígnio da natureza sábia na região da África Austral, o humano tem colonizado o planeta e no caminho foi construindo civilizações diversas .

O humano Äustralophitecus” brotou Na África Austral por ser uma região farta em alimentos e água e de natureza exuberante e este humano era negro e forte e sua cor permitiu-lhe proteger-se dos raios de sol abrasadores , sua força física permitia-lhe defender-se das intempéries e dos outros animais , sua fome era saciada facilmente pois sua terra natal possuía fartura de alimento e era um paraíso natural de muita beleza e talvez essa beleza o empolgasse tanto que sua prole nascia em número suficiente para se dispor a colonizar o planeta inteiro, sabendo que nisso poderia levar toda a sua vida ou seja talvez soubesse que o caminho a desbravar poderia não teria volta .

Antes disso , só os animais supostamente “irracionais” colonizavam o planeta mas apenas nas suas regiões ou as aves que já voavam de um continente para outro sem fronteiras geográficas ou culturais a impedir , mas não de uma forma global planetária como os humanos negros o fizeram e adaptando-se ecologicamente aos novos ambientes .

Pode-se então afirmar que os primeiros descobridores ou colonizadores ou viajantes ou desbravadores do planeta Terra foram os humanos originários da África Austral e isso parece uma conclusão pacifica abalizada cientificamente assim como a conclusão cientifica de que os humanos brotaram de um outro ser animal pré-humano .

Posto isto, não faz sentido lógico a reclamação ou o descontentamento de alguns sobre a mestiçagem natural das raças humanas .

A Europa nunca teve tanta mestiçagem de raças como hoje em dia , em quase todos os países .

Os países em outros Continentes e em África mestiçaram e continuam a misturar positivamente suas culturas e suas raças e mesmo que pessoas de raças diferentes não procriem , no entanto só o simples facto de nesses lugares viverem e conviverem raças e culturas diferentes, isso já é a construção de uma cultura humana global , originária das diferentes culturas planetárias , porém conservando naturalmente suas especificidades regionais culturais e ecológicas , enquadrando-se esse caminhar mestiço na Lei natural do desenvolvimento da vida na Terra , em acordo com a teoria de Charles Darwin .

O Brasil já assumiu na sua Constituição que sua raça é mestiça.

Há que compreender este importante fenômeno social humano global .

 
Valdemar Ribeiro
Enviado por Valdemar Ribeiro em 11/08/2010
Alterado em 14/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar autoria de Valdemar Ferreira Ribeiro e o site www.valdemarferreiraribeiro.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.