Valdemar Ferreira Ribeiro
...Navegando  nos Mares  do  Sul  ...  Observando  o  Norte
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

POLÍTICA - A ARTE DE BEM MENTIR


Não é por acaso que não existe um “PRÊMIO NOBEL” para a política .

Na politica , seja nos países mais desenvolvidos ou nos menos desenvolvidos , a mentira é usada como uma ferramenta muito necessária para o sucesso , nuns países mais usada noutros menos .

A maioria dos cidadãos , mais ou menos atentos , é quem permite um maior ou menor uso dessa ferramenta mas haverá sempre uma luta permanente entre os cidadãos e os políticos .

Os maiores pensadores evitam estabelecer-se politicamente pois na politica é necessário optar por ser fiel a si mesmo ou ser leal ao grupo ou aos outros .

Ser fiel a si mesmo , é ser coerente , integro , ético , `com as suas ideias e suas práticas .

Ser leal basta apenas estar em acordo com os outros ou com o grupo , mesmo que as ideias não sejam as mesmas .

Ser um grande pensador exige uma visão holística da vida , exige uma compreensão profunda e ampla sobre a vida na sua globalidade e , portanto , obriga a uma atitude coerente consigo mesmo .

Na politica , cujo objetivo normal é o imediatismo do sucesso mesmo que aparente , a visão holística não predomina .

Constata-se esta realidade quando , apesar de muitas vezes os cidadãos sugerirem ideias e soluções muito importantes para o desenvolvimento sustentado das sociedades e da economia , os políticos demoram a compreender essas ideias e soluções e muitas vezes não teem coragem e atitude para as colocar em prática .

Por isso , muitas vezes , os cidadãos cansam-se de dar sugestões e darem ideias que poderiam ajudar a resolver muitas das dificuldades desta nossa vida .

Um exemplo bem claro , é o caso do comboio de alta velocidade em Portugal .

Há muitos anos que alguns políticos defendem a construção de um comboio de alta velocidade , mesmo sabendo que os custos e sacrifícios deste projeto são muito grandes .

Devemos fazer aqui uma reflexão e quem preferir viajar em altas velocidades pode optar por viajar de avião pois seu objetivo é a urgência de chegar ao destino .

Quem preferir viajar de uma maneira mais calma e tranquila pode optar por viajar de comboio , de navio ou de carro pois assim tem tempo para olhar , observar , conversar com o vizinho , tem tempo para saborear a viagem .
Se olharmos profundamente para esta questão podemos concluir que não é prioritário a construção de um comboio de alta velocidade mas , aos políticos no geral , esta ideia não lhes agradava .

Foi preciso uma crise económica para restabelecer a ordem lógica da vida e obrigar os políticos a tomarem decisões mais equilibradas ou seja , finalmente Portugal vai construir um comboio mais moderno , no mesmo padrão dos comboios europeus , mas utilizando uma velocidade mais normal e natural , com menos custos e menos sacrifícios .


 
Valdemar Ribeiro
Enviado por Valdemar Ribeiro em 05/11/2011
Alterado em 09/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar autoria de Valdemar Ferreira Ribeiro e o site www.valdemarferreiraribeiro.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.