Valdemar Ferreira Ribeiro
...Navegando  nos Mares  do  Sul  ...  Observando  o  Norte
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

OS EMPRESÁRIOS ANGOLANOS
Muitos dos responsáveis políticos em Angola têm gabinetes com relativo luxo, são chamados de doutores, têm carros de boa referência, motoristas vários, viajam em primeira classe, têm passaporte diplomático, ajudas de custo, não precisam preocupar-se com os salários de seus funcionários, muitas vezes têm residências pagas pelo Estado, só viajam de jeep nas estradas angolanas e com motorista, dificilmente viajam em estradas com buracos, etc.

Os empresários angolanos, quase todos, não têm gabinetes mas apenas escritórios, não são chamados de doutores mas apenas de senhores, seus carros geralmente têm muitos anos de sobrevivência pois as oficinas em Angola são para remediar e são caras, estes empresários geralmente não vijam de primeira classe pois têm de pagar as passagens, não têm passaportes diplomáticos, não têm ajudas de custo, têm de preocupar-se com o pagamento dos salários de seus funcionário, não têm residências pagas pelo Estado, viajam pelas estradas angolanas em seus próprio carros e conduzindo os mesmos em qualquer estrada, etc.

O Sr Presidente da República recentemente reconheceu que os políticos não entendem muito de economia e precisam ser liderados pelos empresários que realmente são empresários.

Este reconhecimento de capacidades deveria acelerar as novas mudanças económicas e os empresários privados devem assumir com responsabilidade esta nova liderança.

Mas o que se vê,  não passa do mesmo pois os responsáveis políticos não parecem disponíveis para estas mudanças e continuam a achar que o mundo gira à volta deles.

Claro, a imprensa continuar a girar à volta dos políticos e esta mesma imprensa cria uma ilusão ótica e mental.

É necessário que as lideranças politicas responsáveis percebam estas necessárias mudanças senão o país vai continuar a arrastar-se sem rumo e sem destino.

Angola é um país potencialmente fantástico e rico mas nada disto adianta se as lideranças não forem as melhores e mais capazes.

Outros países com muito menos potencial conseguiram desenvolver-se.
                                                
Valdemar Ribeiro
Enviado por Valdemar Ribeiro em 05/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar autoria de Valdemar Ferreira Ribeiro e o site www.valdemarferreiraribeiro.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.