Valdemar Ferreira Ribeiro
...Navegando  nos Mares  do  Sul  ...  Observando  o  Norte
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

ANGOLA - A LÓGICA DA VERDADE
Desde 1975, alguns dos responsáveis do Governo angolano ou supõem-se génios e vislumbram aquilo que um cidadão mais atento não consegue ver apesar deste cidadão ser bem informado e experiente pois tem sucesso em seu próprio trabalho no dia a dia,  ou continuamos numa conversa de “pastar boi” como tem sido até aqui, após quarenta e quatro anos de independência.

Como se pode dizer que uma economia está no caminho certo se cada vez mais pessoas estão estranguladas economicamente e, por consequência, social e ambientalmente?

Quais as lógicas sofisticadas e complexas que podem fundamentar a afirmativa de alguns líderes governamentais de que tudo está no caminho certo se após tantos anos a realidade é outra? Bastam as estatísticas mortuárias que estão bem camufladas.

Estamos a falar de uma nação que potencialmente é extremamente rica e pertence a um grupo de países privilegiados.

Me parece que estes responsáveis angolanos não são génios e fico-me pela minha verdade de professor que aprecia a simplicidade da lógica matemática (1 + 1 = 2) e o rigor das ciências, sem lógicas rebuscadas, sofisticadas e enganosas.

A mensagem que o universo nos transmite é a da simplicidade e rigor.

Tudo o que é rebuscado demais torna-se complexo e a vida não é isso.

A vida é um simples nascer, viver e morrer e quando se tem essa perspetiva real do universo há uma perceção do sagrado.

A vida é um simples movimento que vai do menos ao mais infinito, apenas isso e o Mestre maior Einstein já nos ensinou, a quem quer ver.
Valdemar Ribeiro
Enviado por Valdemar Ribeiro em 03/01/2020
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar autoria de Valdemar Ferreira Ribeiro e o site www.valdemarferreiraribeiro.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.